2 de jun de 2011

Paul Signac


Paul Signac
...
O criador da técnica do Pontilhismo.
(para os críticos inimigos: "O pintor de Confetes"!!!!!)

Um artista além do seu tempo, que inovou no Impressionismo,
que por si só já era um movimento artístico inovador na época.



Paul Victor Jules Signac nasceu em 11 de novembro de 1863, em Paris, na abastada família de um comerciante/estofador parisiense.
Aos 18 anos, abandonou os estudos de Arquitetura para tornar-se pintor, entrando para a história das artes plásticas mundial. Embora tenha freqüentado algumas aulas de Artes Decorativas, pode ser considerado autodidata.


... OS PRIMEIROS PASSOS NA PINTURA ...

Após abandonar a arquitetura, Signac, aos 19 anos, ingressou-se na Escola de Belas Artes, e seguiu as veredas do Impressionismo.
Lá conheceu Monet e Georges Seurat e ficou impressionado com os métodos de trabalho sistemático de Seurat e sua teoria das cores.

Sob influência de Seraut, Signac abandonou as pinceladas curtas do impressionismo para experimentar uma nova técnica que utilizava pontos de cor pura, cientificamente justapostas, que se combinam e não se misturam na tela, mas sim no olho do observador.
Estava criada então a técnica do Pontilhismo.


... O QUE É PONTILHISMO? ...

“Pontilhismo” procede do francês pointillisme,
(formado a partir da palavra point = "ponto").
Foi um movimento pictórico pós-impressionista surgido na França em meados da década de 1880, como reação aos próprios impressionistas e à pintura oficial.

Trata-se de uma técnica de pintura que baseia-se na colocação de pontos coloridos muito próximos uns dos outros o que, à distância, provoca uma mistura ótica, fazendo surgir a forma aos olhos do expectador.

Porto de La Rochelle - Paul Signac (1921)
( Óleo sobre tela - 130 x 162cm – Atualmente está no Museu de Orsay – Paris/França)

Signac foi o principal impulsionador do Pontilhismo, também chamado de Movimento do Divisionismo ou Neo-Impressionismo.

A sua vida artística caracterizou-se pela profusão de suas viagens em busca de inspiração para a sua paleta.

Como amante que era de barcos, possuiu ao longo da sua vida cerca de 30 barcos. Isso permitiu-lhe fazer diversas viagens que o inspiraram no uso de novos tons. Ele navegou ao longo das costas da Europa, pintando as paisagens que encontrava.

Começou a excursionar em 1892 em um pequeno barco a quase todos os portos da França, Holanda, Colômbia e em torno do Mediterrâneo, Constantinopla, tendo a base de seu barco em St. Tropez.

De todos os portos Signac criou obras vibrantes, coloridas que esboçava rapidamente em desenhos retratando a natureza que encontrava.
A partir destes pequenos desenhos, pintou grandes telas em seu estúdio, que são cuidadosamente elaborados a partir de pequenos pontos de cor.

Após ser acometido por um câncer e não conseguir mais velejar, Signac pintou naturezas mortas e cenas de cidades francesas, até sua morte, aos 72 anos de idade.

Natureza morta com um livro - Paul Signac (1921)
(Óleo sobre tela - 32,5 x 46,5 cm - Galeria Nacional de Berlim - Alemanha)


... CONTRIBUIÇÃO PARA A ARTE MODERNA ...

O pontilhismo de Signac reproduziu uma atmosfera vibrante, de luz e calor. Foi também, uma das tendências que melhor anunciaram a abstração de cor, desempenhando um papel decisivo no desenvolvimento posterior do Fauvismo e do Cubismo.


Fontes:
•HOUAISS, Enciclopédia e Dicionário Koogan. Paul Signac.Positivo. Editora Delta: Rio de Janeiro, 2010.
•http://www.louvre.fr
•http://www.musee-orsay.fr
•http://www.nationalgallery.org
•http://www.itaucultural.org.br

31 de mai de 2011

Cerâmica



Beber água igualzinho no tempo da vovó!!!
Com "moringa" e copinho de cerâmica no criado, ao lado da cama do casal!
Um hábito antigo, em uma peça customizada!
Com cara de gente alegre!!!!!!
Com cara de gente Arteira!!!! rsss


By Arteira


Pintura em telhas


Fiz esse joguinho esta semana...



By Arteira


Meu cantinho de trabalho



Matando as saudades do meu cantinho de trabalho.
Esta é a oficina do Ateliê... é aqui que nascem minhas bagunças! rs